fbpx

Câncer de mama: identificando sintomas e prevenção

O câncer de mama é silencioso e pode ser evitado se for descoberto no início. Portanto, é fundamental que se realize exames regulares, sobretudo as mulheres acima de 40 anos.

O câncer de mama é um tumor maligno que agride o tecido mamário, gerado pela combinação de células anormais que acarretam diversos danos à saúde. Esse tipo de câncer é silencioso, o que traz dificuldades para reverter o quadro, já que, em muitos momentos, só é detectado em um grau avançado. Ainda, o câncer de mama é o segundo mais recorrente no Brasil, atingindo principalmente mulheres, mas também acometendo homens.

Não há uma causa única do porquê alguém gera um tumor maligno nas mamas. Entretanto, fatores hormonais, comportamentais e genéticos podem influenciar no desenvolvimento do câncer, tendo o risco aumentado pessoas a partir dos 50 anos de idade ou com o histórico na família.

Diante da gravidade desta doença, Outubro é o mês lembrado em todo o mundo pelo movimento do Outubro Rosa, que simboliza a luta contra o câncer de mama. A campanha promove a importância da prevenção, a partir do exame de toque rotineiro e de consultas regulares à ginecologistas. O diagnóstico precoce eleva as possibilidades de tratamento e cura, por isso é tão relevante identificar os sintomas e iniciar uma prevenção.

Mão de pessoa Descrição gerada automaticamente com confiança média

Diante disso, o Grupo Altevita trouxe essa publicação para ajudar você a identificar os sintomas e os métodos de prevenção. Vamos lá?

Sintomas

O primeiro sintoma da doença é um caroço fixo no seio, que pode ou não ser dolorido. Alguns outros sintomas que podem surgir são:

– Pele da mama avermelhada ou retraída;

– Saída de líquido desconhecido da mama;

– Mudança na textura do seio;

– Veia sobressaída na pele;

– Ferida na pele da região mamária;

– Imersão ou mudança no formato do mamilo;

– Dor constante na região da mama ou axilas.

Esses sintomas devem ser investigados assim que identificados, pois representam um alto risco de ser câncer de mama. Para ficar atenta aos sintomas, é essencial a observação e exame de toque. Sempre que se sentirem confortáveis no banho, em uma troca de roupa ou em outro momento, observe se há alguma alteração ou um nódulo aparente, conforme as dicas abaixo:

Imagem disponível em: https://www10.trf2.jus.br/portal/trf2-adere-campanha-outubro-rosa-pela-conscientizacao-da-prevencao-do-cancer-de-mama/

A periodicidade do exame costuma variar de acordo com a idade e o histórico familiar. Para detectar o tumor, os médicos da área indicam uma mamografia, recomendada anualmente para mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos.

Prevenção

Embora haja diversos fatores que levem ao surgimento do tumor, 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Assim, praticar ações como estas podem ser muito benéficas:

– Praticar atividade física;

– Manter o peso corporal adequado;

– Evitar o consumo de bebidas alcóolicas;

– Não fumar e evitar o tabagismo passivo;

– Amamentar corretamente e por um longo período o seu bebê.

 


Identificar os sintomas do câncer de mama é fácil! Então, não protele a sua atenção com a saúde dos seus seios. Quanto mais rápido for diagnosticado, mais altas são as chances de cura e maior será a vitória contra esta doença. Por isso, não só durante o mês de outubro, mas durante todo o ano, inicie o cuidado com o seu corpo e incentive outras mulheres a fazer o mesmo!

Nas unidades do Altevita, reforçamos a importância de lutarmos contra o câncer todos os anos com as nossas colaboradoras e residentes. Sem dúvidas, morar nos residenciais geriátricos do Altevita é aproveitar o melhor da terceira idade.

Saiba mais sobre nossos serviços nos espaços do nosso site e acompanhe-nos também no InstagramYoutube e Facebook.

Related Posts

Leave a comment