Dicas de férias de inverno para a terceira idade

O inverno é, sem dúvidas, a época mais charmosa e aconchegante do ano. Nas viagens nessa época, o tempo mais frio pede lugares mais aquecidos e os passeios diurnos são os mais recomendados, pois muitas vezes o sol aparece e mantém o passeio mais agradável[...]

O inverno é, sem dúvidas, a época mais charmosa e aconchegante do ano. Nas viagens nessa época, o tempo mais frio pede lugares mais aquecidos e os passeios diurnos são os mais recomendados, pois muitas vezes o sol aparece e mantém o passeio mais agradável. Para evitar imprevistos confira a previsão do tempo com antecedência e esteja preparado para uma mudança repentina.

E o melhor: viajantes com mais de 60 anos são um importante público para o turismo. Prova disso é que, em setembro de 2016, o Ministério do Turismo lançou uma cartilha com informações e orientações para melhorar as experiências de viagem dos idosos. Já existem, inclusive, agências especializadas em viagens para a terceira idade:  Pastore Turismo (http://www.pastoreturismo.com.br/) e Bonami (http://www.bonami.com.br/).

A pastore é uma agência de turismo, lá você fecha pacotes nacionais, internacionais e até cruzeiros. Inclusive, os hotéis parceiros, são preparados e adaptados para todas as necessidades que os clientes possam vir a ter. Já a Bonami é uma empresa de entretenimento, ajudando o público da terceira idade a adquirir entradas para as atrações e organizam transporte, tudo isso para a cidade de São Paulo e arredores.

O diferencial dessas agências especializadas no público da terceira idade em relação às outras agências, são vários:

Os guias têm treinamento especial, é possível contratar um acompanhante de viagem, a contratação do seguro saúde é automática, sendo que caso necessário, a empresa pode conduzir o idoso até um médico particular, pagar pelo atendimento e, depois, pedir o reembolso para o seguro, tudo é pensado detalhe por detalhe para uma boa experiência dos viajantes. Porém, toda essa exclusividade, faz com que muitas vezes a viagem fique mais cara, principalmente pelo acompanhamento em tempo integral dos profissionais. Por isso é necessário pensar no que mais vale a pena para você e seu bolso!

Após essas dicas, vão aí dicas de lugares com a cara do inverno para programarem suas viagens:

Gramado (RS)

Um pedacinho da Europa no Brasil, Gramado atrai turistas o ano inteiro. A charmosa rua Coberta, que é uma galeria protegida por um telhado de vidro e trepadeiras, reúne bares, cafés e bistrôs e é ideal para um passeio e com certeza, para um bom chocolate quente. Para fugir da agitação, a dica são os cafés coloniais, fondues ou restaurantes italianos, símbolos da gastronomia local.

Canela (RS)

Essa pequena cidade faz dívida com Gramado e tem forte influência alemã. E assim como Gramado, num país de clima tropical, a Serra Gaúcha é um destino que surpreende os turistas com seus vales, montanhas, arquitetura e gastronomia herdadas dos imigrantes.

A cidade apresenta várias atrações, inclusive para quem gosta de aventura. Por ser menos badalada que a vizinha Gramado, torna-se uma opção mais econômica para hospedagem.

Campos do Jordão-SP

Para quem quer distância do sossego típico das cidades serranas, a “Suíça Brasileira” é uma das melhores opções, pois recebe milhares de turistas durante a estação. A cidade conta com bares e restaurantes requintados, mas a intensa programação cultural é que vai tirar todo mundo de casa, mesmo quando as cobertas e o aquecedor parecerem mais atraentes.

Urubici (SC)

Para quem gosta mesmo de baixas temperaturas e tem esperança de ver neve no Brasil, Urubici pode ser o lugar ideal para o inverno. A cidade é charmosa, possui boas opções gastronômicas e tem uma paisagem formada por montanhas, araucárias, cascatas e cachoeiras.

Curitiba-PR

A capital do Paraná é considerada um dos melhores destinos culturais do Brasil. Com cara de cidade europeia, por mais que seja uma cidade grande preserva o clima pacato das pequenas cidades – com a infraestrutura de uma metrópole. O frio é uma constante por lá: boa pedida tanto para o descanso quanto para uma tarde de compras ou uma noite de intensa programação. Uma boa desculpa também para conhecer os rodízios italianos dos restaurantes do bairro de santa felicidade. O Jardim Botânico e o teatro ópera de arame são pontos turísticos que não podem deixar de ser visitados.

E aí, gostou das nossas dicas? Então aproveite as baixas temperaturas para viajar e curtir o friozinho de modo bastante especial em diversas cidades do Brasil.

Leave a comment