Melhores cidades no Brasil para o envelhecimento

O que Santos, Florianópolis, Porto Alegre e São José do Rio Preto têm em comum? São as cidades com melhor qualidade de vida para quem tem mais de 60 anos. É o que mostra um estudo que analisou 150 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes[...]

O que Santos, Florianópolis, Porto Alegre, Niterói e São José do Rio Preto têm em comum? São as cidades com melhor qualidade de vida para quem tem mais de 60 anos. É o que mostra um estudo que analisou 150 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes. O aumento da expectativa de vida exige mudanças na maneira como as cidades brasileiras são pensadas. E essas cidades, já começaram a perceber isso.

Vocês podem estar pensando: “E quais foram os critérios para eleger essas cidades como as melhores?” A gente te fala! O primeiro foi o bem-estar, ou seja, se a cidade possibilita que as pessoas mantenham um estilo de vida saudável. Depois, cuidados de saúde, acesso ao lazer e a atividades culturais, educação e trabalho, desempenho econômico e condições de habitação. Essa pesquisa foi realizada pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Abaixo, o ranking das cinco melhores cidades para envelhecer no Brasil, segundo pesquisa.

Santos-SP

Santos (SP) – a cidade ocupa o primeiro lugar no ranking pelo bom resultado em todos os quesitos, por exemplo: boa oferta e participação de idosos em atividades culturais e o grande número deles com acesso a planos privados de saúde. Além disso, como o PIB de Santos é alto, a cidade tem um percentual pequeno de população com baixa renda. E, na área sentimental, Santos também está no topo, pois os casamentos de idosos são frequentes.

Florianópolis-SC

Florianópolis (SC) –  A capital catarinense também se destaca por possuir uma pequena parcela de população de baixa renda e se destaca em cultura e engajamento, principalmente pela autonomia das pessoas na terceira idade em relação às suas famílias. Também foi classificada pela ONU como a capital brasileira com o melhor índice de desenvolvimento humano (IDH)

Porto Alegre-RS

Porto Alegre (RS) –  A capital gaúcha garantiu no ranking a primeira posição no quesito habitação, por ter a maior quantidade de condomínios dedicados a idosos. E é ainda a sexta melhor cidade em cuidados de saúde, por registrar o maior número de profissionais de enfermagem por habitante e baixo índice de idosos dependentes. Estes foram alguns quesitos que garantiram a Porto Alegre o terceiro lugar entre as melhores cidades para envelhecer no Brasil. Para melhorar a sua posição, a cidade precisa ampliar a distribuição de renda e oferecer mais oportunidades de educação para a terceira idade.

  • São José do Rio Preto-SPSão José do Rio Preto (SP) – A cidade paulista lidera o ranking de educação e trabalho, com desempenho destacado devido ao número de horas diárias de aulas ministradas, à baixa distorção idade-série e às taxas reduzidas de desocupação, mas ainda pode melhorar em alguns aspectos nestas áreas, por exemplo: no índice de pessoas na terceira idade matriculados no ensino superior, na oferta de clínicas geriátricas e no acesso aos planos de saúde privados.

E para quem não gosta de cidades grandes e de badalação. Separamos também um ranking com as melhores cidades pequenas para morarem. Dêem uma olhada:

  1. São João da Boa Vista, SP.
  2. Vinhedo, SP.
  3. Lins, SP.
  4. Fernandópolis, SP.
  5. Tupã, SP.
  6. Votuporanga, SP.
  7. Lajeado, RS.
  8. Itapira, SP.
  9. Rio do Sul, SC.
  10. Bededouro, SP

E aí, moram em alguma dessas cidades ou têm vontade de morar? Contem pra gente!

Leave a comment