No Dia Nacional de Combate ao Câncer, conheça os fatores de risco e saiba como prevenir a doença

Em 2018, cerca de 582 mil brasileiros foram diagnosticados com diferentes tipos de câncer. Saiba como evitar o quadro

Em 2018, cerca de 582 mil brasileiros foram diagnosticados com diferentes tipos de câncer. Saiba como evitar o quadro 

Criado em 1988, o Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado em 27 de novembro, tem como objetivo ampliar o conhecimento sobre este tipo de doença, assim como as formas de prevenção e tratamento de câncer. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), 582 mil brasileiros foram diagnosticados com diferentes tipos de câncer em 2018. Idosos acima de 65 anos são 11 vezes mais propensos a desenvolver uma doença cancerígena, afirma Instituto. 

Apesar da grande ocorrência, a doença pode ser prevenida ou os impactos diminuídos. O combate ao câncer é composto pela prevenção primária e a secundária. A primeira se trata da adoção de um modo de vida saudável e lutar contra os fatores de risco. A secundária consiste em detectar e tratar o câncer em momentos iniciais. Conheça os fatores de risco e algumas dicas de prevenção: 

 

  • Fatores de risco

Tabagismo e obesidade são duas disfunções que podem fragilizar o organismo e deixá-lo propenso ao câncer, assim como doenças cardiovasculares e respiratórias, provenientes do uso excessivo de tabaco e álcool. 

Há também os fatores hereditários, uma predisposição genética para o câncer, o que representa 20% dos casos no Brasil. 

  • Previna-se

Confira dicas para prevenir o câncer, de acordo com o Inca: 

  1. Não fume: Essa é a regra mais importante para prevenir o câncer, principalmente os de pulmão, cavidade oral, laringe, faringe e esôfago. Ao fumar, são liberadas no ambiente mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas que são inaladas por fumantes e não fumantes. 
  2. Escolha uma alimentação saudável: Uma ingestão rica em alimentos de origem vegetal como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas, e pobre em alimentos ultraprocessados, como aqueles prontos para consumo ou prontos para aquecer e bebidas adoçadas, pode prevenir o câncer.
  3. Mantenha o peso corporal adequado: Estar acima do peso aumenta as chances de desenvolver câncer. Por isso, é importante controlar o peso por meio de uma boa alimentação e realizar atividade física, não há necessidade de serem aquelas modalidades sistematizadas ou que demandem a contratação de serviços como academias, que também podem ser opções.
  4. Pratique atividades físicas: Você pode, por exemplo, caminhar, dançar, trocar o elevador pelas escadas, levar o cachorro para passear, cuidar da casa ou do jardim ou buscar modalidades como a corrida de rua, ginástica, musculação, entre outras. Experimente!
  5. Mulheres entre 25 e 64 anos devem fazer o exame preventivo do câncer do colo do útero a cada três anos. 
  6. Vacine contra o HPV as meninas de 9 a 14 anos e os meninos de 11 a 14 anos.
  7. Vacine contra a hepatite B: O câncer de fígado está relacionado à infecção pelo vírus causador da hepatite B e a vacina é um importante meio de prevenção deste câncer. 
  8. Evite a exposição ao sol entre 10h e 16h, e use sempre proteção adequada, como chapéu, barraca e protetor solar, inclusive nos lábios.
  9. Faça o check-up: quanto mais cedo o câncer for diagnosticado, melhor as chances de tratamento e recuperação. Por isso, idosos devem passar por uma rotina de cuidados e se submeter a uma bateria de exames anual. 

Sobre o câncer

A doença se dá ao crescimento desordenado de células, que invadem tecidos e órgãos rapidamente, determinando a formação de tumores, que podem se espalhar em outras regiões do corpo.  

Leave a comment