No Outubro Rosa, cuide de si e das mulheres que ama!

O câncer de mama é silencioso e pode ser evitado se for descoberto no início. Mulheres acima de 40 anos devem realizar o exame de toque rotineiramente. Homens também estão suscetíveis

No Outubro Rosa, cuide de si e das mulheres que ama!

O câncer de mama é silencioso e pode ser evitado se for descoberto no início. Mulheres acima de 40 anos devem realizar o exame de toque rotineiramente. Homens também estão suscetíveis

O mês de outubro é lembrado em todo o mundo pelo movimento Outubro Rosa, que simboliza a luta contra o câncer de mama. Começou nos Estados Unidos, na década de 90, e tem o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença. Um dos símbolos mais expressivos da campanha, laços rosas são adotados por pessoas e instituições para lembrar mulheres acima de 40 anos sobre a necessidade dos exames preventivos. 

Esse tipo de câncer ocorre pela multiplicação de células anormais da mama, as quais formam um tumor e não apresenta sinais claros logo de cara. Ele é silencioso e pode ser detectado em um grau avançado, o que traz maior dificuldade para reverter o quadro. O câncer de mama corresponde a 25% dos novos casos de câncer identificados por ano, sendo o mais comum entre as mulheres no mundo. Especificamente no Brasil, esse percentual chega a 29%. Vale lembrar que, apesar de raro, essa doença também pode acometer homens.  

Por isso, a prevenção é a melhor atitude. Conhecer bem o corpo é fundamental para identificar qualquer alteração, e, se for comprovado a doença, começar o tratamento. A indicação dos exames preventivos vai depender de vários fatores, dentro deles histórico familiar, presença de alteração genética. Então, a prevenção varia de acordo com a condição de cada paciente. 

O que causa o câncer de mama?

Não há uma causa única. Fatores hormonais, ambientais, comportamentais e genéticos podem influenciar no desenvolvimento da doença. O risco aumenta com a idade, sendo maior a partir dos 50 anos. Vale lembrar que pessoas com parentes que tenham histórico do câncer antes de 50 anos ou de câncer de ovário, devem procurar um médico para acompanhamento. 

De olho nos sintomas 

Fique atento! Geralmente, o primeiro sintoma do câncer de mama é um caroço no seio que pode ser acompanhado por dor ou não. Saída de líquido desconhecido da mama; mudança na textura do seio, veia sobressaída na pele, ferida na pele da região mamária, imersão ou mudança no formato do mamilo; e dor constante na região da mama ou axilas são outros sintomas que devem ser levados a conhecimento de um especialista com urgência. 

Toque de amor

O diagnóstico precoce aumenta as possibilidades de cura e a sobrevida das mulheres em comparação com o diagnóstico de tumores em estágio avançado. Para isso, o exame de toque, feito pelas próprias mulheres, é uma maneira importante de conhecer o próprio corpo e perceber possíveis alterações. Basta tocar a mama com as pontas dos dedos e verificar se há algum nódulo. 

É também de extrema importância o acompanhamento regular com um médico, que irá avaliar clinicamente e fazer as prescrições de acordo com o perfil e necessidades de cada paciente. 

A periodicidade do exame varia de acordo com a idade, o quadro clínico e histórico familiar. A mamografia é o principal exame para detectar o tumor em fase inicial e é recomendada a cada dois anos em mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos.

Neste mês, inicie o cuidado e incentive outras mulheres a fazer o mesmo!

Leave a comment