Videogame na terceira idade: uma brincadeira saudável para os idosos!

Jogos de videogame são comumente associados aos mais jovens. É fato que a cultura gamer possui mais adeptos entre os adolescentes, mas isso tem mudado nos últimos tempos. O número de jogadores adultos têm aumentado cada vez mais e agora, pesquisas apontam que os jogos eletrônicos trazem diversos benefícios para pessoas acima de 65 anos. Confira abaixo!

Jogos de videogame são comumente associados aos mais jovens. É fato que a cultura gamer possui mais adeptos entre os adolescentes, mas isso tem mudado nos últimos tempos. O número de jogadores adultos têm aumentado cada vez mais e agora, pesquisas apontam que os jogos eletrônicos trazem diversos benefícios para pessoas acima de 65 anos. Confira abaixo! 

Benefícios do videogame para os idosos

Estudos realizados em 2018 nos Estados Unidos e Canadá concluíram que os jogos de videogame melhoram a saúde mental e física de idosos acima de 65 anos. Portadores de Acidente Vascular Cerebral, Alzheimer e Parkinson estão entre os beneficiados pela brincadeira, que acaba se tornando um passatempo saudável para eles. 

Especialistas dizem que idosos que jogam videogame diminuem em 29% as chances de adquirirem demência, mantendo por mais tempo suas capacidades motoras e cognitivas, pois os jogos promovem um aumento no número de sinapses, de interconexões entre os neurônios.

Ou seja, uma tecnologia vista por muitos apenas como uma brincadeira despretensiosa é um forte aliado para os idosos, melhorando não só a atividade cerebral, mas também os movimentos e o equilíbrio. 

Jogos interativos: uma ótima atividade complementar 

O sensor de movimento Kinect, que é ligado ao videogame Xbox One, é um dispositivo que permite aos seus jogadores disputarem as partidas utilizando o próprio corpo, sem a necessidade um controle convencional. Tais jogos, além de complementarem atividades como fisioterapia, por exemplo, proporcionam aos idosos exercícios leves, raciocínio rápido (precisam tomar decisões durante as partidas) e equilíbrio. 

Existem outros dispositivos interativos que deixam as partidas ainda mais interessantes para os mais velhos. Os joysticks podem ser um empecilho e tornarem mais difíceis a adaptação ao mundo dos games. Portanto, é importante optar por jogos específicos, que trabalhem o corpo, a mente e que sejam divertidos e ao mesmo tempo para os idosos.

É muito importante que o idoso goste de jogar e não o faça como uma obrigação. Forçar uma situação pensando apenas nos benefícios que ela pode trazer pode não dar certo, pois o mais importante é que ele sinta prazer para, aí sim, tirar proveito de todas as vantagens que uma boa partida de videogame pode proporcionar. E lembre-se: os jogos eletrônicos devem ser um complemento e não substitutos de atividades fundamentais como a leitura e exercícios físicos. 

Agora você já sabe que os videogames podem trazer uma série de benefícios para os idosos! 

Quer saber mais sobre os benefícios da leitura na terceira idade e algumas dicas de livros? Clique aqui. 

Related Posts

Leave a comment